Ir direto para o conteúdo
Acessibilidade

Acessibilidade

Alto Contraste
Aumentar Fontes
Inverter Cores
Textos em Negrito
Leitura em Libras

O que é alopecia? Conheça os tipos e possíveis causas

Veja algumas características da condição e conheça os tipos de alopecia

A alopecia é considerada uma condição em que acontece a perda dos cabelos ou pelos, podendo ocorrer em qualquer área do corpo. A mais comum delas é a calvície que acontece no couro cabeludo e pode afetar homens e mulheres em diferentes causas e níveis. Neste conteúdo você vai encontrar informações sobre a condição, possíveis causas e formas de tratar ou amenizar os efeitos da alopecia.



Queda de cabelo natural ou alopecia?


A queda de cabelo acontece quando o ciclo capilar chega ao fim, nosso corpo está preparado para esse processo natural. Estima-se que uma pessoa saudável com queda natural dos cabelos perde, em média, 50 a 100 fios por dia.


Neste caso, o tratamento com produtos capilares como tônicos, máscaras nutritivas, shampoos, condicionadores e séruns capilares que ajudam a fortalecer os fios são os mais indicados, como é o caso das linhas Siàge Acelera o Crescimento e Siàge Men Estimula o Crescimento.


A percepção de que o seu cabelo não cresce também pode vir da quebra causada por cabelos fragilizados. Neste caso, linhas que ofereçam o tratamento de nutrição, como a Siàge Nutri Rosé ou a Siàge Nutri Óleos Poderosos são as mais indicadas. 


Já a alopecia é uma condição mais complexa e que exige um diagnóstico médico com acompanhamento e tratamento que pode envolver medicamentos. Por isso, é muito importante o diagnóstico de um profissional.


Quais são os tipos de alopecia?


Agora que você já sabe o que é alopecia, vamos nos aprofundar um pouco mais nos principais tipos de alopecia, sua origem e possíveis causas. É sempre bom lembrar que o diagnóstico de alopecia deve ser feito por um médico dermatologista. Somente ele poderá examinar o seu caso e oferecer o tratamento adequado, seja para uma queda de cabelo pontual ou um protocolo de tratamento para o tipo de alopecia identificado.


Alopecia areata - pontos com “falhas” nos cabelos ou pelos

É considerada uma doença autoimune, qualquer pessoa pode sofrer de alopecia areata, podendo ter influência fatores genéticos, emocionais ou traumas físicos.


A alopecia areata se manifesta em regiões do couro cabeludo com queda de cabelo em pontos bem definidos. Pode também ocorrer em regiões como a barba, sobrancelhas e cílios.


Eflúvio telógeno - aumento desproporcional da queda de cabelo

Nesta condição, a queda de cabelo é considerada desproporcional à quantidade considerada normal. No episódio agudo, a duração varia entre alguns meses, podendo acontecer pós-parto, por doenças metabólicas desreguladas, cirurgias como a bariátrica ou dietas muito restritivas.


No tipo crônico, ocorre uma queda de cabelo gradual que acontece algumas vezes ao ano. Ela costuma ter como efeito a diminuição de volume e comprimento dos cabelos.



Alopecia androgenética - a popularmente conhecida “calvície”

Alopecia tem cura? Neste caso, sua origem é genética, podendo iniciar ainda na adolescência, porém, o mais comum é que comece a ficar aparente na idade adulta.


Nessa condição, a queda de cabelo é progressiva, com os cabelos ficando ralos nas entradas e topo da cabeça, podendo posteriormente afetar toda a região superior do couro cabeludo. A alopecia androgenética não tem cura, porém, algumas pessoas que possuem essa condição podem se submeter a tratamentos cirúrgicos de implante capilar.



Alopecia cicatrizante - lesão rara nos folículos capilares

É uma condição rara onde inflamações lesionam o tecido folicular e cicatrizam alojando os folículos capilares, impedindo o crescimento de novos fios. A causa dessa alopecia pode ser congênita, vindo de doenças autoimunes, infecções bacterianas ou mesmo traumas como queimaduras, câncer de pele, etc.


Alopecia por tração - causada por penteados muito apertados

Este tipo de alopecia é causado pela forte e frequente pressão exercida nos fios durante a escovação mais intensa ou penteados como coques, rabos de cavalo ou tranças muito apertadas. Cabelos fragilizados por extensão capilar, químicas como alisamento e coloração tem uma propensão maior de dano.


Alopecia frontal fibrosante - um tipo de “calvície feminina”

É uma condição que afeta, principalmente, mulheres adultas que estão no período pós-menopausa. As características nesse tipo de alopecia é a formação de recuo da linha frontal do cabelo, podendo também afetar os pelos do corpo como as axilas e sobrancelhas. Sua causa ainda é desconhecida.


VEJA TAMBÉM: Como tratar o seu cabelo com um cronograma capilar baseado no nível de dano


Se identificada no início, usando tratamentos adequados e aliviando a pressão dos penteados, a alopecia por tração pode ser reversível, porém, se a tração for contínua, o risco de causar uma cicatriz no folículo capilar é grande. Essa lesão é permanente e impede o crescimento de novos fios.


Conheça a linha completa de tratamento capilar premium de Eudora Siàge e aproveite as promoções exclusivas!


O Guia da Beleza Eudora é um lugar com informações relevantes para os cuidados dos seus cabelos e também com dicas interessantes de makes. Conheça outras matérias!

Conheça os tratamentos poderosos de Siàge

Você está offline.